O risoto é um prato surgido no leste do Piamonte e oeste de Lombardia, onde a palavra significa “arrozinho” e teve sua origem no ano de 1574, com uma curiosa lenda, leia abaixo:

Tudo começou com a construção da catedral “Duomo di Milano”, onde carpinteiros, arquitetos e outros profissionais trabalhavam na obra. Os belgas, liderados por Valerio de Flandes, que eram responsáveis pelos vidros da catedral, tinham um discípulo e futuro genro de Valerio, que era constantemente provocado pelo seu mestre, tudo por gostar de colorir seus vidros utilizando açafrão. O discípulo resolveu então pregar uma peça em seu mestre, quando no casamento com sua filha, resolveu surpreender todos os convidados criando um prato muito bem elaborado, feito com arroz e o melhor, colorido com nada mais nada menos que açafrão.

A partír daí o risoto virou um sucesso e muitas versões surgiram ao redor do mundo. A nossa, utilizando vodka, surgiu como uma alternativa ao uso do vinho branco ou mesmo do vermute na sua elaboração. Uma outra inspiração foi um “Penne alla vodka” que costuma ficar delicioso também(em breve também vou colocar a receita aqui)!

Neste caso, o uso da vodka resultou em um delicioso sabor, bem similar ao do vinho branco, pois não é tão adocicada como o vermute, mas mantendo suas características e aromas. O ideal é utilizar uma vodka com qualidade, já que mais importante que o álcool que esta possui, é o sabor que vai deixar no prato. Utilizamos aqui a vodka Absolut.

O arroz escolhido foi o arbóreo(seu nome é oriundo da cidade de Arborio, no Vale do Pó, onde é cultivado), que é uma variedade italiana de arroz, própria para fazer risotos.

Ingredientes
• 100 gramas de shitake
• 1/2 xícara de vodka
• 1 xícara(chá – cheia) de arroz arbóreo
• 750ml. de caldo de legumes(fervendo)
• 1 xícara(chá) de azeite
• 3 dentes de alho picados
• 1 cubo de queijo parmesão para ralar na hora
• 1/2 xícara de salsinha picada finamente
• Pimenta preta moída na hora
• sal

Como preparar
Comece com o cogumelo shitake, limpando-o somente com papel toalha, para tirar areia e outros detritos, mas sem lavá-lo em água corrente(já que o cogumelo costuma absorver a água e perder assim o sabor). Corte-o em tiras, eliminando seus talos. Aqueça duas colheres de azeite em uma frigideira em fogo baixo, adicione o alho picado e frite até que fique dourado. Logo depois adicione o shitake, frite por mais 5 minutos. Reserve.

Em uma panela maior(também em fogo baixo), coloque o restante do azeite, adicione o arroz e mexa por um minuto. Adicione a vodka, tomando muito cuidado para que não respingar no fogo(pode causar sérias queimaduras). Mexa até que a vodka seja absorvida pelo arroz.

Logo após, adicione aos poucos o caldo de legumes, até que fique mais ou menos 1 centímetro acima do arroz. Mexa até que seja absorvido ou evapore. Repita este procedimento o quanto precisar, até perceber que o arroz está cremoso e macio. Cuidado somente para não adicionar caldo demais, pois o risoto ode ficar “empapado”, perdendo assim sua consistência. Não se preocupe se sobrar um pouco de caldo de legumes, guarde-o para usar em outro prato.

Terminando de fazer o arroz, desligue o fogo e adicione a salsinha, o cogumelo, a pimenta, o sal e por fim, a metade do parmesão ralado. Depois disso é só misturar tudo e pronto, o seu Risoto de shitake alla Vodka está pronto!

Uma dica para servir, que vai deixar seu prato ainda melhor, é adicionar também o queijo parmesão ralado por cima do prato, com um fio de azeite, como na foto.

Rendimento: 2 pessoas.

Bom apetite!

Join the discussion One Comment

Leave a Reply