Faça você mesmo: ketchup caseiro

Apesar de ser um molho muito utilizado na culinária norte-americana, o ketchup teve sua origem na China, onde o principal ingrediente usado era o cogumelo. Na Malásia(país que ajudou a introduzir o ketchup no ocidente), uma outra versão tem o nome de kechap, que significa “gosto”.

Temos ainda uma pequena controvérsia com o nome em português, se o correto seria usamos ketchup ou catchup. De acordo com a Academia Brasileira de Letras, a resposta é ketchup, como na versão em Inglês e seu plural, por mais estranho que possa parecer, é ketchups!

Você sabia que no século 19 o ketchup já foi utilizado como remédio? Sim, é isso mesmo, um médico norte-americano chamado John Cook Bennett considerava o ketchup como um santo remédio para curar males como diarréia, indigestão e icterícia.

Uma outra curiosidade sobre o ketchup é que ele pode ser usado com sucesso para limpar peças de metais, como jóias, talheres, lustres, etc. Basta aplicar ketchup na peça e deixar por 15 minutos, esfregar com uma escova e depois enxaguar com água. Funciona, já que o ketchup tem como base de sua composição o tomate e também o vinagre, que o tornam ácido e ótimo para a limpeza desses materiais.

Bom, vamos ao que interessa, a receita do ketchup caseiro!

Ingredientes do nosso ketchup caseiro

• 1 lata de tomate pelado(400 gramas) de parma
• 1 cebola picada finamente
• 2 colheres de sopa de óleo de coco
• 2 dentes de alho esmagados
• 3/4 de xícara de açúcar mascavo
• 2 colheres de sopa de aceto balsâmico
• pimenta preta para moer na hora
• 50 ml de vinagre de vinho branco
• 1 colher de café de gengibre em pó
• 1 colher de café de pimenta do reino moída finamente
• 1 colher de chá de páprica doce
• 3 colheres de chá de sal
• 2 colheres de sopa de azeite
• 2 colheres de sopa de amido de milho

Como Preparar seu ketchup caseiro

Aqueça uma panela em fogo baixo com 2 colheres de óleo de coco. Adicione a cebola e mexa constantemente, até que esta fique bem dourada – aproximadamente 10 minutos. Adicione uma colher de açúcar mascavo, 2 colheres do vinagre balsâmico e moa um pouco de pimenta por cima. Continue mexendo por mais 2 minutos, acrescente então os 2 dentes de alho esmagados e mexa por mais 5 minutos.

Adicione o tomate pelado, junto com 1/2 xícara de água. Deixe cozinhar por mais 10 minutos, para que o molho ganhe consistência. Adicione então o vinagre de vinho branco, o gengibre, a páprica, a pimenta do reino, o sal e o restante(mais ou menos 1/2 xícara) do açúcar mascavo.

Desligue o fogo e leve todos os ingredientes ao liquidificador. Adicione o amido de milho e o azeite e bata bem, até que os ingredientes fiquem bem misturados.

O rendimento é de aproximadamente 400ml.

Dica

Para armazenar, utilize se possível potes de vidros reutilizados e bem limpos/higienizados(o ideal aqui é, além de lavar bem os potes, também ferve-los por aproximadamente 15 minutos.

Deixe o ketchup caseiro guardado para esfriar(e também para absorver melhor o sabor) por pelo menos 3 horas antes de usar pela primeira vez. Você pode guardar em geladeira por até 3 semanas.

Bom apetite!

Golden Milk (leite dourado)

O “golden milk” ou “leite dourado” é uma bebida com origem na Ayurveda, medicina desenvolvida e aplicada na Índia há cerca de 7 mil anos – um dos mais antigos sistemas medicinais da humanidade.

Tendo em sua base a cúrcuma(ou açafrão da terra), a bebida é deliciosa, fácil de preparar e o melhor, os benefícios de seu consumo são enormes e a grande maioria destes já comprovados pela ciência moderna.

A doença, para a Ayurveda, é mais que a manifestação de sintomas perigosos à manutenção da vida. A Ayurveda considera que a doença inicia-se muito antes de chegar à fase em que ela finalmente pode ser percebida. Assim, pequenos desequilíbrios tendem a aumentar com o passar do tempo originando a enfermidade muito antes que possamos percebê-la.

Veja abaixo uma lista de alguns dos benefícios do Golden Milk:
• Anti-inflamatório, anti-oxidante, anti-séptico e analgésica
• Aumenta a imunidade
• Anti-cancerígeno
• Ajuda a baixar os níveis de colesterol
• Promove a saúde digestiva.
• Desintoxica o fígado.
• Regula o metabolismo e o controle do peso
• Regula os níveis de pressão sanguínea
• Melhora a memória e as funções cerebrais
• Ajuda no tratamento de diversas doenças de pele
• Baixa os níveis de triglicerídeos
(fonte: Healthy Holistic Living)

Você pode preparar o Golden Milk de duas formas: a primeira adicionando um a um os ingredientes ao leite de amêndoas; a segunda preparando uma pasta que pode ser guardada na geladeira para você usar sempre que for preparar sua bebida.

Criando a pasta de cúrcuma(açafrão da terra)

Ingredientes:
• 1/4 xícara de cúrcuma(açafrão da terra)
• 1/2 colher de chá de pimenta preta moída
• 1/2 xícara de água filtrada

Como preparar:
Misture a cúrcuma(açafrão da terra), a pimenta preta e a água com uma colher, até formar uma pasta homogênea. Armazene na geladeira.

Preparando o Golden Milk com a pasta de cúrcuma

Ingredientes:
• 1 xícara de leite de amêndoas(pode substituir por leite de arroz, soja…)
• 1 colher de chá de óleo de coco(pode substituir por ghee)
• 1/4 ou mais de colher de chá da pasta de cúrcuma
• Mel ou açúcar mascavo para adoçar

Como preparar:
Aqueça o leite até o ponto que você queira, adicione os ingredientes e mexa bem.

Mas, caso você queira preparar seu Golden Milk sem preparar a pasta, siga a receita abaixo:

Ingredientes para uma xícara grande da bebida:
• 1 xícara de leite de amêndoas(ou arroz, soja…)
• 2 colheres de café de cúrcuma(açafrão)
• 1 colher de café rasa de pimenta preta moída
• 1 colher de chá de mel ou de açúcar mascavo

Preparando:
Aqueça o leite até o ponto que você queira, adicione os ingredientes e mexa bem.

Dicas:

Experimente adicionar também:
• 1 pedaço de canela
• 1 colher de café de gengibre em pó
• 1 colher de café de masala(mistura indiana de especiarias)

Vai ficar perfeito!
Bom golden milk para você e saúde!

Os benefícios da cúrcuma para a saúde

Os benefícios da cúrcuma

A cúrcuma, ou açafrão-da-terra, como também é conhecida, por mais de 2500 anos é um ingrediente(da mesma família do gengibre) que é muito utilizado na culinária indiana. Graças ao seu princípio ativo, a curcumina, os benefícios da cúrcuma para a saúde humana são enormes, sendo esta potencialmente anti-inflamatória e antioxidante.

Mas não pense que é só adicionar a cúrcuma em sua dieta para usufruir de seus benefícios.

Na realidade, a curcumina é pouco absorvida pelo nosso organismo, por isso, o ideal é utilizá-la junto com a pimenta preta, que contém a piperina, substância que aumenta a absorção da curcumina em mais de 2000%. Outra dica é utilizar a cúrcuma também com a páprica e o gengibre, alimentos que complementam ainda mais os efeitos da curcumina. Desta forma você potencializa os benefícios da cúrcuma ampliando sua absorção.

Você também pode comprar/importar curcumina em cápsulas, geralmente encontrada na quantidade de 500mg ou 1gr. por cápsula. Prefira marcas que tenham em sua composição também a piperina(pimenta preta), como a ótima marca importada Doctor’s Best(» Você pode importar com segurança pelo site do iherb clicando aqui).

Os benefícios da cúrcuma

A curcumina é um forte antioxidante, isto é, combate os radicais livres bloqueando-os e ao mesmo tempo estimula outros mecanismos antioxidantes em todo o corpo, prevenindo doenças e mantendo o corpo saudável.

Por ser uma substância bioativa, a curcumina é um poderoso anti-inflamatório que combate a inflamação a nível molecular. Por isso, ela pode ser utilizada no lugar de remédios que fazem esta função, porém com muitos efeitos colaterais.

É um ótimo anti-séptico e antibacteriano natural, que pode ser utilizado no tratamento de cortes e queimaduras. Por isso, pode também ser utilizado como um pó dental para a escovação dos dentes.

Ela melhora a função cerebral, retardando ou até mesmo revertendo doenças cerebrais ou perdas relacionadas com a idade, incluindo a doença de Alzheimer.

Reduz o risco de doenças cardíacas, onde a curcumina atua e melhora a função do endotélio, que é o revestimento dos vasos sanguíneos. Além disso, o próprio fato de ser anti-inflamatória já faz com que atue desta forma também sobre as doenças cardíacas.

Pode ajudar a prevenir e tratar do câncer, pois muitas pesquisas indicam que a curcumina pode atuar sobre o câncer no nível molecular, controlando ou mesmo combatendo o crescimento desordenado das células cancerígenas.

Por ser anti-inflamatória, ajuda a tratar pacientes com artrite, pois diminui as inflamações nas articulações. Em alguns estudos ela foi mais eficaz que tratamentos com anti-inflamatórios tradicionais.

Mas os benefícios da cúrcuma não terminam aí. Um estudo também mostrou que a cúrcuma pode ser útil no tratamento da depressão, funcionando como um aliado a certos medicamentos. Isso porque ela aumenta os níveis de BNDF(fator neutrófico derivado do cérebro) e existem evidências de que pode aumentar a serotonina e dopamina no cérebro.

Efeitos Colaterais do uso da Cúrcuma

Se utilizada no preparo de alimentos, em uma quantidade razoável, a cúrcuma não costuma trazer efeitos colaterais sérios. Alguns casos de dor de estômago, náuseas e diarréia podem ocorrer caso seja ingerida em excesso.

Mas caso você tome algum complemento com cúrcuma, deve ler atentamente as contra-indicações, já que geralmente esses complementos possuem doses bem altas e concentradas do ingrediente.

Evite seu uso caso você tenha algum desses problemas: cálculos ou obstruções biliares, problemas de sangramento ou hemorragia(ou pós operatório), refluxo gastroesofágico e deficiência de ferro.

Dicas de Uso

Muito fácil de usar, experimente comprar a cúrcuma(ou açafrão da terra) em pó, de boa qualidade, e utilize nos pratos tradicionais como arroz, feijão, etc., colocando uma ou mais colheres de café na mesma hora que for colocar o sal. Não esqueça de colocar também a pimenta preta, neste caso use metade da dose da cúrcuma, além de outros temperos como a páprica picante(ou doce) para otimizar os efeitos da cúrcuma.

Receitas com a cúrcuma

Clique aqui e veja nossas receitas com a cúrcuma.

Receita deliciosa de suco verde detox

suco verde detox

O suco verde detox está definitivamente na moda. Não só por este motivo, mas principalmente pelo bem que muitos desses tipos de sucos deles fazem, que resolvemos colocar aqui a nossa versão.

Muitos dizem que são ótimos emagrecedores, outros que são antioxidantes, outros ainda bebem pra fazer um “detox” do organismo, principalmente após épocas de grandes abusos alimentares, como fim de ano, carnaval, páscoa, e por aí vai.

Já nós do Cultivate, gostamos do suco verde detox simplesmente pelo sabor, mas claro, um pouco também por todo isso aí que foi dito anteriormente.

O ideal é que este suco seja feito utilizando uma centrífuga, para que você realmente consiga extrair de cada ingrediente a sua essência, e mais do que isso, o seu sabor. Caso não possua uma centrífuga, experimente bater todos os ingredientes num liquidificador adicionando a quantidade de água que for necessária. Depois coe antes de servir.

O rendimento na centrífuga é de aproximadamente 1 litro.

Ingredientes do suco verde detox:
• 3 pepinos orgânicos grandes com casca(lave bem antes de usar)
• 2 cenouras orgânicas descascadas
• 2 maçãs descascadas
• 1 beterraba orgânica média
• 3 folhas de couve orgânica
• 2 pedaços(tamanho aproximado de 1 dedo para cada pedaço) de gengibre descascado
• 1 colher de sopa de farinha linhaça dourada
• 1 limão descascado
• 2 colheres de sopa de melaço de cana para adoçar(o melaço de cana é rico em ferro)
• 1 colher de chá de cúrcuma(ou açafrão da terra)

Como Preparar
Com exceção do melaço de cana e da linhaça, coloque todos os demais ingredientes na centrífuga. Ao final misture o melaço para adoçar e não se esqueça da farinha de linhaça, que é riquíssima em ômega 3.

O resultado será um suco verde detox delicioso, que por causa da beterraba quase não é verde, mas, o que importa mesmo é a sua saúde e bem estar! Aproveite.

Suco anti-inflamatório, antioxidante e emagrecedor

Este delicioso suco, que vai cenoura, limão, gengibre, mel e salsinha, é uma variação de um outro maravilhoso suco que experimentamos no ótimo restaurante vegetariano Ambrosio, em São Paulo, feito de limão, mel e gengibre.

A diferença para a receita original, foi que adicionamos mais dois ingredientes muito saborosos e importantes para a saúde: a cenoura e a salsinha. Já o nome foi dado pela soma de suas principais propriedades nutritivas, que apesar de inúmeras(veja a lista abaixo), tem em comum o fato de ser anti-inflamatório, antioxidante e emagrecedor.

A cenoura é rica em vitamina A, C, possui boas quantidades da vitamina E, antioxidantes, boa para o funcionamento do fígado, reduz os níveis de colesterol e é uma das mais ricas fontes de carotenóides, que além de regular o açúcar no sangue, também protege contra o câncer.

a salsinha é extremamente importante para prevenir e até mesmo ajudar no tratamento de doenças cardiovasculares. É também um estimulante gástrico, auxiliando na digestão, pois “limpa” os rins, fígado e o trato urinário, além de ser rica em vitamina A, C, E, B, cálcio, fósforo, ferro e fibras.

O gengibre, que dá um sabor único e intenso ao suco, tem mais de 400 substâncias benéficas à saúde, que vão desde propriedades digestivas, expectorantes, anti-inflamatórias, antioxidantes e cardiovasculares, passando ainda por suas vitaminas, como a presença da vitamina B6, potássio, magnésio e cobre, e finalmente funcionando também como um emagrecedor, pois é rico em substâncias que ativam o metabolismo do organismo, potencializando a queima de gordura.

O limão tem ação bactericida, fungicida, adstringente e antibiótica. Ele ainda age como cicatrizante do aparelho digestivo(ao contrário do que pensam a maioria das pessoas – devido ao seu grau de acidez), tonificante do fígado, regulador do intestino e desintoxicante.

Finalmente, o mel, que é rico em proteínas, vitaminas, sais minerais, protege contra doenças cardiovasculares, respiratórias, artrite, colesterol e também tem ação antibacteriana e anti-inflamatória.

Enfim, vamos à receita:

Ingredientes
– 750 ml de água
– Sumo de 3 limões
– 1 cenoura descascada
– 1 pedaço de gengibre descascado, de 5cm a 10cm, aproximadamente
– meia xícara de salsinha
– meia xícara de mel
– 1 colher de chá de cúrcuma(ou açafrão da terra)
– açúcar mascavo se necessário

Como preparar
Coloque tudo no liquidificador e bata por aproximadamente 1 minuto. Coe e sirva. Armazene por no máximo 1 dia, para não perder seu sabor e propriedades nutritivas.

Purê de cebola roxa

A receita de hoje tem como ingrediente principal o meu tempero favorito: cebola! Simplesmente adoro cebola, seja crua na salada, seja cozida como tempero em molhos e no arroz… Para mim, é indispensável. Adoro o seu ardor característico e não existe cheiro mais apetitoso do que o de cebola dourando no azeite!!!

A cebola protege contra vários tipos de câncer e contra doenças cardiovasculares. Ela combate infecções, ameniza os sintomas da asma e diminui os riscos de trombose e aterosclerose. É bastante comum nos pratos italianos, mas os brasileiros estão bem acostumados ao seu sabor como tempero. Acredito que as pessoas têm uma relação de extremos com ela: uns amam, outros odeiam. Tem muita gente que não gosta do seu cheiro característico. Eu acho que estas pessoas estão perdendo muito…

Ingredientes: Sete cebolas roxas médias; quatro dentes de alho ralados na hora; uma colher de mostarda em pó; 10g de cebolinha francesa; duas colheres de sopa de gergelim preto; uma colher de sopa de gengibre ralado e sal a gosto.

Modo de preparo: Cozinhe as cebolas durante vinte minutos juntamente com o gengibre. Escoe a água e deixe esfriar. Bata todos os ingredientes no liquidificador. Coloque a mistura na panela, cozinhando por aproximadamente 30 minutos, para evaporar o excesso de água. Deixe esfriar e está pronto para servir.

É uma receita simples de ser feita e pouco calórica (bem menos calórica do que o purê de batata, por exemplo).

Achei que ficou com um gosto até que bem suave e um pouco adocicado. Vai bem com um filete de azeite por cima!

Apesar do sabor, o visual da cebola roxa não é dos mais agradáveis.
Outra sugestão seria utilizar a cebola branca.

Suco revigorante

Todo começo de mês é época de novas promessas, incluindo a de uma alimentação mais saudável (a qual nem sempre é fácil de ser cumprida). Então, resolvi usar minha centrífuga e fazer um suco bem saudável, para desintoxicar dos excessos das festas de fim de ano.

Ingredientes: uma beterraba, duas cenouras, um pepino, uma maçã e um pedacinho de gengibre.

Rendimento: 500 ml.

A beterraba é rica em vitamina A, C e do complexo B. A cenoura é rica em betacaroteno, importante para a visão, pele e mucosas. O pepino é um diurético natural e é rico em potássio, proporcionando flexibilidade aos músculos e à pele. O pepino tem um cheiro delicioso, além de ser muito refrescante. Acho melhor consumir deste jeito do que na salada. A maçã é rica em vitamina C e pectina, uma fibra solúvel que ajuda a combater o colesterol. O gengibre é desintoxicante e tem um gosto forte e picante, por isso deve ser usado em pouca quantidade.

Não é preciso colocar açúcar nem água no suco.

Ficou muito bom ! (o único inconveniente é ter que lavar a centrífuga depois!)