Para ajudar na cozinha: conversor de medidas para receitas

Utilizar um conversor de medidas para receitas salgadas ou doces, pode quebrar um grande galho na hora de prepararmos ingredientes que precisam estar em quantidades específicas e corretas. Muitas vezes uma quantidade errada de um ingrediente pode causar um grande estrago no resultado final de um prato.

Por isso, utilizamos os valores abaixo como nosso conversor de medidas para receitas “oficial”, tanto para as diversas receitas que produzimos ou postamos aqui no Cultivate, como também para aquelas que encontramos por aí e resolvemos fazer.

Você pode consultar aqui, ou mesmo imprimir e ter sempre ao seu lado na cozinha.

Conversor de medidas para receitas

Medidas básicas:
1 xícara = 16 colheres de sopa = 250ml
1 colher de sopa = 3 colheres de chá = 15ml
1 colher chá = 1/3 colher de sopa = 5ml
1 colher de café = 1/3 colher de chá = 2ml

Líquidos em geral:
240g = 240ml = 1 xícara
120g = 120ml = 1/2 xícara
60g = 60ml = 1/4 xícara
15g = 15ml = 1 colher (sopa)
5g = 5ml = 1 colher (chá)

Açúcar refinado:
1 xícara = 180g
1/2 xícara = 90g
1/4 xícara = 45g
1 colher(sopa) = 12g
1 colher(chá) = 4g

Açúcar mascavo:
1 xícara = 150g
1/2 xícara = 75g
1/4 xícara = 37,5g
1 colher(sopa) = 10g
1 colher(chá) = 3,5g

Açúcar cristal:
1 xícara = 200g
1/2 xícara = 100g
1/4 xícara = 50g
1 colher(sopa) = 13,5g
1 colher(chá) = 4,5g

Açúcar de confeiteiro:
1 xícara = 140g
1/2 xícara = 70g
1/4 xícara = 35g
1 colher(sopa) = 9,5g
1 colher(chá) = 3g

Amido de milho:
1 xícara = 150g
1/2 xícara = 75g
1/4 xícara = 37,5g
1 colher(sopa) = 9g
1 colher(chá) = 3g

Aveia em flocos:
1 xícara = 80g
1/2 xícara = 40g
1/4 xícara = 20g
1 colher(sopa) = 5g
1 colher(chá) = 1,5g

Chocolate ou cacau em pó:
1 xícara = 90g
1/2 xícara = 45g
1/4 xícara = 22,5g
1 colher(sopa) = 6g
1 colher(chá) = 2g

Coco Ralado:
1 xícara = 80g
1/2 xícara = 40g
1/4 xícara = 20g
1 colher(sopa) = 5g
1 colher(chá) = 1,5g

Farinha de trigo:
1 xícara = 120g
1/2 xícara = 60g
1/4 xícara = 30g
1 colher(sopa) = 7,5g
1 colher(chá) = 2,5g

Farinha de Rosca:
1 xícara = 80g
1/2 xícara = 40g
1/4 xícara = 20g
1 colher(sopa) = 5g
1 colher(chá) = 1,5g

Farinha de Mandioca:
1 xícara = 150g
1/2 xícara = 75g
1/4 xícara = 37,5g
1 colher(sopa) = 9g
1 colher(chá) = 3g

Fermento Biológico Seco:
1 colher(sopa) = 10g
1/2 colher(sopa) = 5g
1 envelope = 10g

Fermento Biológico Fresco:
1 tablete = 15g

Fermento Químico:
1 colher(sopa) = 14g
1/2 colher(sopa) = 7g
1 colher(chá) = 5g

Mel:
1 xícara = 300g
1/2 xícara = 150g
1/4 xícara = 75g
1 colher(sopa) = 18g
1 colher(chá) = 6g

Queijo ralado:
1 xícara = 80g
1/2 xícara = 40g
1/4 xícara = 20g
1 colher(sopa) = 5g
1 colher(chá) = 1,5g

Manteiga:
1 xícara = 200g
1/2 xícara = 100g
1/4 xícara = 50g
1 colher(sopa) = 12g
1 colher(chá) = 4g

Polvilho:
1 xícara = 150g
1/2 xícara = 75g
1/4 xícara = 37,5g
1 colher(sopa) = 9g
1 colher(chá) = 3g

Ovo:
1 ovo médio = 50g
1 clara de ovo = 30g
1 gema de ovo = 20g

Esperamos que este conversor de medidas para receitas possa ajudá-los de alguma forma e caso tenham alguma sugestão de algum item que sentiram falta aqui, por favor nos envie uma mensagem que pesquisaremos as quantidades corretas de conversão.

Sopa de cebola orgânica

A sopa de cebola clássica é uma criação da culinária francesa, já que as cebolas eram abundantes na Europa e assim como a batata, era por muitas vezes conhecidas como a “comida dos pobres”.

A sopa de cebola francesa está documentada desde mais ou menos 1651, por François Pierre La Varenne que descreveu uma receita que é muito próxima da nossa receita abaixo.

Os benefícios da cebola

A cebola melhora a circulação sanguínea, por conter quercetina que é um importante flavonóide. Previne a anemia, pois possui boas quantidades de fósforo, ferro, vitamina E e desta forma auxilia na regeneração dos glóbulos vermelhos.

Também é rica em vitaminas A e C e seu alto teor de enxofre ajuda no sistema respiratório, prevenindo e tratando doenças, além de ser um poderoso antioxidante e antiinflamatório. Para completar, a cebola também ajuda a controlar a pressão sanguínea, graças ao potássio, que também tem ação diurética e previne doenças do sistema nervoso, já que seu alto teor de vitamina B auxilia na transmissão dos impulsos nervosos e musculares.

Ingredientes

• 1 kg de cebolas orgânicas
• 1 xícara de farinha de trigo
• 1,5 litros de caldo de legumes orgânicos
• 2 alhos orgânicos médios esmagados
• 1 xícara de vinho jerez(Xerez ou Sherry)
• 3 colheres de azeite de oliva extravirgem orgânico
• Pimenta preta
• Sal

Modo de preparo da sopa de cebola

Corte as cebolas no estilo julienne, isto é, em fatias bem finas. Aqueça as 3 colheres de azeite em uma panela(em fogo baixo) e acrescente as cebolas. Com uma espátula mexa continuamente as cebolas por aproximadamente meia hora, ou até as cebolas estarem bem douradas.

Vale destacar que esse processo talvez seja o mais importante de toda a receita, já que quanto mais tempo as cebolas ficarem no fogo, mais vão dourar e adocicar, o que dá o sabor clássico da receita.

Após todo este período, acrescente o alho esmagado, a farinha de trigo e mexa por mais alguns minutos, até que a cebola absorva a farinha e o alho e a mistura comece a escurecer(cuidado para não queimar). Acrescente o caldo de legumes aos poucos, sempre esperando que a sopa comece a engrossar antes de adicionar mais. Mexa por mais 20 minutos e nos últimos 5 minutos acrescente o vinho jerez.

Para finalizar – se você não for vegano – pode gratinar a sopa de cebola utilizando queijo gruyere: Coloque a sopa em pequenas cumbucas sobre uma assadeira, adicione uma fatia de pão ou de torrada e polvilhe o queijo gruyere ralado na hora. Leve ao forno até o queijo derreter e gratinar.

Bom apetite!

Hamburguer de grão de bico vegano

Além de deliciosa, essa receita de hamburguer de grão de bico talvez seja uma das mais fáceis de moldar se tratando de hambúrguer vegetariano(ou vegano), isso por que o grão-de-bico cozido oferece naturalmente uma consistência perfeita para a montagem dos hambúrgueres. Desta forma, a quantidade de farinha é reduzida em comparação com outros hambúrgueres e o sabor fica muito mais leve.

O rendimento é de aproximadamente 14 unidades e pode ser armazenada no congelador por até 3 meses.

O grão da felicidade

O grão-de-bico é rico em proteínas, sais minerais, vitaminas do complexo B, além de ser pobre em gorduras, e isento de colesterol. Também é rico em ferro, magnésio, cálcio, minerais e fibras que desempenham funções importantes no organismo e no processo digestivo. Além disso ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e ajuda no combate a anemia.

O mais interessante também é a grande quantidade de triptofano que este alimento possui, transformando-o no que se chama por aí de “grão da felicidade”. Isto porque o triptofano produz serotonina, elemento essencial pela ativação dos centros cerebrais que dão sensação de satisfação e bem-estar. Ele pode melhorar o humor de forma semelhante ao chocolate, porém sem suas desvantagens.

Ingredientes:

• 250 gramas de grão de bico
• 1/2 xícara de farinha de linhaça dourada
• 1 xícara de farinha de rosca
• 1 xícara de farinha de trigo
• 4 alhos médios esmagados
• 1 xícara de salsinha picada
• 1 cebola picada finamente
• 1 colher de chá de molho inglês sem carne(Veja aqui)
• 1 colher de chá de pimenta preta moída
• 3 colheres de chá de sal

Rendimento: 14 unidades.

Como Preparar o hamburguer de grão de bico:

Deixe o grão de bico hidratando de um dia para o outro(10 a 12 horas) em uma quantidade de água que cubra o grão de bico em aproximadamente aproximadamente 4 a 5 centímetros.

Faça a mesa coisa com a farinha de linhaça dourada, acrescentando água que cubra a farinha em 2 cm e deixando hidratar na geladeira de um dia para o outro, para que solte seu óleo que vai servir para dar “liga” à mistura. No dia seguinte mistura tudo com uma colher e reserve.

Após a hidratação, elimine a água do grão de bico e coloque-o para cozinhar em uma panela de pressão com água, 1 colher de azeite e 1 colher de sal por 1 hora.

Após o cozimento, elimine a água do grão de bico, coloque-o em um recipiente de mistura juntamente com todos os outros ingredientes e comece a misturar e amassar o grão de bico com uma colher ou garfo. Faça uma massa bem homogênea. Quanto mais amassar o grão de bico, melhor. Coloque na geladeira e deixe esfriar por 10 minutos.

A massa do hambúrguer está pronta!

Como moldar/montar o hambúrguer

Para moldar o hamburguer de grão de bico você tem duas opções:
• A primeira é montar pequenas bolas com a massa(usando as mãos mesmo) e depois amassar uma das extremidades, deixando-o no formato de hambúrguer.
• A segunda opção é usar um molde próprio para hambúrguer, que pode ser encontrado em lojas de utensílios para cozinha. 🙂

Armazenando

Embrulhe cada hamburguer de grão de bico em plástico filme e armazene-o no congelador por até 3 meses.

Fritando

Coloque um pouco de azeite em uma frigideira em fogo baixo, deixe esquentar levemente o óleo e depois coloque o hambúrguer. Deixe dourar e depois vire, para que possa ficar dourado também do outro lado. Esse processo completo não deve durar mais que 10 minutos(caso esteja congelado, você pode também aquecê-lo no forno por 10 minutos antes de fritar).

Assando

Caso não queira fritar, coloque-o em uma assadeira com um pouco de azeite e coloque-o no forno previamente aquecido a 180 graus. Deixe na parte superior do forno por 10 a 15 minutos(vai variar de acordo com o forno), caso não esteja congelado, ou de 15 a 20 minutos caso esteja congelado.

Dicas

• Molde o hamburguer de grão de bico e o coloque já sobre o papel plástico(que deve estar esticado sobre uma mesa ou alguma outra superfície). Cubra com outra camada de plástico filme e depois recorte e dobra as laterais. Esse processo é o mais fácil que descobri para essa parte mais “chata” do processo.
• Você pode montar desde lanches clássicos, como um cheese salada(com queijo e maionese vegana, caso prefira), ou inovar um pouco, acrescentando cogumelos shitake fritos no azeite, ou mesmo com uma salada de guacamole(veja receita aqui).
• Você pode acrescentar também uma colher ou mais de ketchup e/ou mostarda no preparo da massa para dar mais sabor.

Bom apetite!

Nhoque de mandioquinha ao molho sugo com manjericão

receita nhoque de mandioquinha

Embora muito associado com a culinária italiana, por incrível que pareça, o Nhoque é um prato originário do Oriente Médio. Nesta receita trocamos o “tradicional” nhoque de batata pelo também saboroso e saudável nhoque de mandioquinha.

Foi criado nesta região em tempos bem antigos, e teve sua receita “copiada” pelos Romanos, que exploraram a região e levaram consigo muitas coisas, entre elas os segredos do Nhoque.

A partír daí, o Nhoque se popularizou principalmente na região da Itália, adquirindo diversas variedades. Dentre estas, destaca-se a do nhoque feito em Sardenha, uma ilha italiana, que é considerada a região onde a receita mais se assemelha com aquela feita na época dos romanos. Trata-se de um mingau com ovos, que forma a massa. Simples assim.

A batata só começou a ser o ingrediente principal do nhoque a partír do século 16, também na Itália, e foi essa a receita que se popularizou ao redor do mundo, tornando-se a “tradicional” e levada pelos imigrantes italianos para as Américas.

Em muitos desses países onde a imigração Italiana foi intensa, como na Argentina, Chile ou em algumas partes do Brasil, o nhoque tornou-se muito popular, e em sua homenagem foi criada uma data comemorativa, que acontece sempre no dia 29 de cada mês e é chamada de “Nhoque de 29”.

“Nhoque de 29”, o nhoque da fortuna ou da sorte

A data comemorativa do dia 29, foi escolhida graças a lenda que existe a respeito do prato e de São Pantaleão. Conta esta lenda que, num dia 29 de dezembro, São Pantaleão andava vestido de andarilho por um vilarejo italiano. Com fome, resolveu bater a porta de uma casa e pedir comida. Apesar da família ter pouco alimento, não se importaram em dividir o que tinham com São Pantaleão. Serviram a ele então sete massinhas de nhoque. O homem comeu, agradeceu e foi embora. Ao recolher os pratos, todos ficaram surpresos ao descobrir sob cada um deles uma boa quantidade de dinheiro.

Até hoje muitas pessoas fazem nhoque no dia 29, colocam dinheiro sob o prato, comem os primeiros sete pedaços para depois fazer um pedido. Se funciona ou não é outra história, mas vale como curiosidade.

Sobre a receita do nhoque de mandioquinha

Como fazer o nhoque é um processo trabalhoso, escolhemos fazer uma boa quantidade para valer a pena. O que sobrou, basta armazenar na geladeira por no máximo uns 3 dias, ou no congelador por 1 mês. O rendimento desta receita é de aproximadamente uns 6 pratos.

Caso prefira fazer uma quantidade menor, basta reduzir os ingredientes pela metade.

Ingredientes para preparar a massa

• 1 quilo de mandioquinha descascada
• 2 xícaras de farinha de aveia
• 1 colher de chá de sal marinho
• 3 colheres de sopa de queijo ralado
• 2 colheres de sopa de manteiga
• Farinha de trigo

Como Preparar a Massa

Cozinhe as mandioquinhas em água fervente até que fiquem macias. Escoe bem a água e amasse a mandioquinha até formar um purê. Adicione a aveia, o sal, o queijo ralado, a manteiga e misture tudo, até formar uma massa. Deixe esfriar.

Espalhe um pouco da farinha de trigo sobre uma mesa, preparando-a para modelar a massa. Forme pequenas bolas de massa com as mãos, coloque-as sobre a mesa e faça pequenos rolinhos(veja a foto abaixo) com cada uma delas.

Nhoque de mandioquinha
Faça pequenos rolinhos com a massa

Após isso, utilizando uma faca, corte em tiras cada um dos rolinhos, como na imagem abaixo:

Nhoque de mandioquinha
Corte a massa em tiras

Termine o processo colocando mais farinha de trigo nas mãos e enrole cada uma das bolinhas. Note que é importante usar bastante farinha de trigo nas mãoes, principalmente para que o nhoque possa ser armazenado sem que grude um no outro. Veja a foto abaixo:

Enrole bem as bolinhas de nhoque com bastante farinha nas mãos
Enrole bem as bolinhas de nhoque com bastante farinha nas mãos

A massa do nhoque de mandioquinha está pronta!

Ingredientes para preparar o molho ao sugo

• 3 latas de tomates pelados(ou, caso prefira fazer com tomates frescos, aproximadamente 9 tomates para molho, descascados)
• 4 dentes de alho esmagado
• 1 cebola picada finamente
• 1/2 xícara de manjericão e hortelã picados finamente
• 1 colher de sopa de açúcar mascavo
• Pimenta moída na hora
• Azeite de oliva extra virgem
• 2 colheres de chá de sal marinho

Como Preparar o Molho ao sugo

Aqueça o azeite na panela em fogo baixo, por menos de 1 minuto. Acrescente metade do alho esmagado, a cebola e frite-os por mais ou menos 5 minutos. Depois acrescente os tomates, o açúcar mascavo e cozinhe por mais 25 minutos, ou meia hora, mexendo de vez em quando para que não grude no fundo da panela e queime. Desligue o fogo, acrescente o manjericão e o hortelã, a pimenta, o sal e o restante do alho esmagado. Mexa e reserve.

Cozinhando e servindo o nhoque de mandioquinha

Ferva um litro de água em uma panela com um pouco de azeite. Após a água começar a ferver, acrescente aos poucos as bolinhas de Nhoque, tomando o cuidado para não colocar muitas e a massa acabar grudando uma na outra. Quando o nhoque começar a boiar na água, é hora de tirar.

Coloque as bolinhas cozindas no prato, cubra com o molho e bom apetite!

Se preferir, você pode ainda temperar seu prato com mais um pouco de pimenta moída na hora(nós usamos um mix de pimentas) e um ótimo queijo ralado(de preferência também ralado na hora). Bom nhoque de mandioquinha!

Hambúrguer de abacate com quinua

hambúrguer de abacate com quinua

Há muito tempo que estamos testando diversos tipos de hambúrgueres vegetarianos, variando ingredientes, temperos, formatos, modo de preparo, de fritura, etc., buscando a receita ideal.

Neste hambúrguer de abacate com quinua conseguimos finalmente unir o saudável com o saboroso, e melhor ainda, de uma maneira muito fácil de fazer. Nesta receita utilizamos boa parte de ingredientes orgânicos, o que é muito melhor para a saúde e o meio ambiente.

Ingredientes & Benefícios
O abacate é uma das frutas mais ricas aos seres humanos, com alto teor de vitamina E, além de ácidos gordos essenciais e proteína. Além disso, ele possui as vitaminas A, B1, B2, B3, D, C, além de potássio, fibras, e uma grande quantidade de ácido fólico, que ajuda na redução dos níveis de colesterol no sangue. Pesquisas mais recentes indicam ainda que o abacate pode ajudar a regular os níveis de glicose no sangue, uma ótima descoberta para pacientes com diabetes.

A quinua(também chamada de quinoa) se tornou um importantíssimo alimento devido ao seu alto grau de proteína e diversas outras propriedades e vitaminas que são benéficas para a nossa saúde. Ela foi qualificada ainda como o melhor alimento vegetal para o consumo humano pela Academia de Ciências dos Estados Unidos.

A quinua atua na prevenção de doenças como câncer de mama, turbeculose, anemia e outras. Além disso, reforça o sistema imunológico e auxilia no desenvolvimento de funções ligadas à inteligência e aos reflexos. Na quinua encontramos ainda todos os aminoácidos que são essenciais para a nossa saúde, além das vitaminas A, B1, B2, B3, B6, C e E, e ainda possui minerais como o ferro, cálcio, magnésio, manganês, zinco e potássio. Por fim, ela é rica em ômega 3 e 6, além de possuir fitoestrógenos, substâncias naturais possuem ação similares a de certos hormônios, o que ajuda as mulheres a amenizar os sintomas da TPM e também da menopausa.

Veja abaixo como preparar o hambúrguer de abacate com quinua!

Ingredientes
• 1 xícara de quinua orgânica
• 1 abacate orgânico maduro
• 1 cenoura orgânica ralada
• 1 xícara de farinha de trigo integral
• 1/2 xícara de farinha de rosca
• 1 cebola picada a brunoise(picada em cubos bem pequenos)
• 4 dentes de alho bem esmagados
• Sumo de 1 limão
• Pimenta preta moída na hora
• Sal marinho a gosto

Como Preparar
Cozinhe a quinua em uma panela com duas xícaras e meia de água e um pouco de azeite, até que a água evapore completamente. Reserve e deixe esfriar.

Amasse o abacate com um garfo e depois uma colher, até obter uma consistência bem pastosa. Misture a cenoura ralada, a cebola, o alho esmagado, o sumo do limão, a farinha de trigo e por fim a farinha de rosca. Mexa tudo muito bem, adicione a quinua, misturando mais um pouco, e vá adicionando aos poucos o sal marinho e a pimenta preta.

Monte o hambúrguer de abacate fazendo pequenas bolas, e em seguida amasse suas extremidades para que fiquem no formato de hambúrguer.

Como é um hambúrguer que vai pouca farinha, o ideal é que seja frito somente com um mínimo de óleo, como o hambúrguer feito em uma chapa. Caso queira dar mais consistência, aumente a quantidade de farinha na receita.

Rendimento & Dicas do hambúrguer de abacate com quinua
Tempo de preparo: Aproximadamente 1 hora.
Rendimento: 12 unidades.
Congele enrolado em um filme plástico por um mês.

Bom apetite!

Hambúrguer de lentilha(vegetariano e vegano)

hambúrguer de lentilha

Este hambúrguer de lentilha(que é vegetariano e vegano) é delicioso e bem fácil de preparar. Demora um pouco para preparar, por causa do tempo de cozimento da lentilha, mas, nada que uma panela de pressão não resolva.

A lentilha é um importantíssimo alimento para os seres humanos, pois possui vitaminas como a B6 e ácido fólico, além de magnésio, ferro, fibras, triptofano(um aminoácido essencial) e carboidratos complexos que ajudam no controle do açúcar no sangue. Ela também melhora a circulação sanguínea e a oxigenação dos tecidos.

Além de ficar ótimo em lanches, este hambúrguer de lentilha também pode ser apreciado como na foto, com um molho de mostarda(no caso utilizamos mostarda com mel) e rúcula. Ah, e você também pode congelar por bastante tempo os hambúrgueres que sobrarem.

Ingredientes
• 1 xícara de lentilhas
• 1 xícara de farinha de trigo integral
• 1/2 xícara de farinha de rosca
• 1/2 xícara de azeite de oliva
• 3 dentes de alho esmagados
• 1 cebola picada finamente
• 1 colher de sopa de sal
• Pimenta preta moída na hora
• 1 colher de café de cúrcuma(ou açafrão da terra)

Como preparar seu hambúrguer de lentilha
O maior trabalho no preparo do hambúrguer vegetariano de lentilha é mesmo cozinhar as lentilhas, você verá que o restante é tudo muito fácil.

Utilize uma panela de pressão cozinhe as lentilhas por mais ou menos 30 minutos. Logo depois desligue o fogo, deixe esfriar, coe e eliminie a água da lentilha e coloque os grãos cozidos em um recipiente grande, que será usado para misturar e fazer a massa do hambúrguer.

Coloque neste recipiente os demais ingredientes, e com as mãos comece a misturar tudo. Quanto mais você misturar, melhor. Se notar que a massa está grudando muito nas mãos, coloque um pouco mais de farinha até acertar o ponto. Só cuidado para não colocar muito e deixar o hambúrguer muito “massudo” e com gosto de farinha.

Depois de misturar tudo, forme bolas de massa e amasse as extremidades, deixando assim o hambúrguer no seu formato característico.

Em fogo baixo aqueça bem uma frigideira com óleo(mais ou menos com a altura do seu hambúrguer vegetariano de lentilha) e deixe esquentar bem. Frite o hambúrguer até que fique bem dourado e crocante.

Depois é só servir!

Bom apetite!

Fusilli integral ao molho bechamel com queijos

Aprenda a fazer esta deliciosa receita de “Fusilli integral ao molho bechamel com queijos”, e como sugestão, aprecie acompanhada de um bom vinho tinto.

Uma curiosidade sobre o Fusilli, é que este surgiu no sul da Itália e nasceu da idéia de enrolar Spaghetti em uma agulha de tricô.

Ingredientes
• 250gr. de Fusilli integral
• 2 xícaras de leite
• 2 colheres de sopa de manteiga
• 2 colheres de sopa de farinha de trigo
• 2 dentes de alho esmagados
• 1/2 xícara de queijo parmesão ralado
• 1/2 xícara de queijo gruyère picado
• 1/2 noz-moscada ralada
• Pimenta preta moída
• Sal(de preferência marinho)

Como Preparar
Coloque água(aproximadamente 1 litro) em uma panela e leve-a ao fogo alto, até que comece a ferver. Acrescente sal e uma colher de sopa de azeite. Despeje a massa e deixe cozinha por aproximadamente 10 minutos(ou de acordo com as instruções da embalagem). Após, desligue o fogo e escoe a água. Reserve.

Em outra panela, adicione a manteiga em fogo baixo até que derreta, logo em seguida adicione a farinha e faça uma mistura com ambas. Continue mexendo até que a mistura comece a ficar levemente dourada. Acrescente então aos poucos o leite e continue a mexer até que a mistura comece a ficar cremosa. Acrescente então novamente mais um pouco de leite e mexa novamente até obter cremosidade. Repita a operação até utilizar todo o leite.

Desligue o fogo e imediatamente acrescente então o queijo parmesão(de preferência ralado na hora), o gruyère, o alho esmagado, a noz-moscada, o sal e por fim a pimenta. Misture tudo até que o queijo derreta, e sirva misturando o molho com a massa cozida.

Bom apetite!

Arroz, hambúrguer de inhame e creme de tofu com ervas

Arroz com hamburguer e creme de tofu

Esta é uma receita vegana(nada de origem animal, como por exemplo leite ou ovos) que combina arroz integral temperado com páprica doce, hambúrguer de inhame, batata e quinua e um delicioso creme de tofu, que é muito fácil de preparar e deixa o prato ainda mais saboroso e sofisticado.

Veja abaixo os ingredientes e aprenda como preparar cada parte do prato.

1. Arroz

Ingredientes
– 1 xícara(chá) de arroz integral
– 2 dentes de alho picado
– 1 cebola cortada em rodelas
– 1 colher de sopa de páprica doce
– 2 colheres de sopa de óleo
– 2 1/2 xícaras(chá) de agua
– Pimenta do reino
– Sal

Como preparar
Em uma panela aqueça o óleo, adicione a cebola e o alho e deixe fritar até que fiquem dourados. Adicione o arroz, a páprica e mexa até misturar bem todos os ingredientes. Adicione sal e pimenta a gosto. Logo em seguida adicione a água, tampe a panela e deixe cozinhar até que toda a água evapore.

2. Creme de Tofu

Ingredientes
– 1 unidade de tofu
– 2 dentes de alho
– 1 xícara(chá) cheia de salsinha
– 1 xícara(chá) cheia de cebolinha
– 2 colheres de shoyu
– 1/2 xícara de água

Como preparar
Coloque tudo em um liquidificador e bata até formar um creme. Se necessário, adicione um pouco mais de água para ajustar a cremosidade.

3. Hambúrguer de Inhame e Quinua

Ingredientes
– 1 inhame médio descascado
– 1 batata média descascada
– 3 dentes de alho picados finamente
– 1 cebola picada finamente
– 1/2 xícara de salsinha picada
– 1/2 xícara de cebolinha picada
– 1/2 xícara de quinua
– 1/2 xícara de grão de bico previamente hidratado(no mínimo 6 horas submerso em água)
– 1 xícara de soja(pts pequeno) hidratada
– 2 xícaras de farinha de trigo integral
– 1/2 xícara de farinha de rosca
– 1 colher de sopa de páprica doce
– 1 colher de sopa de açafrão da terra
– 3 colheres de sopa de ketchup
– Sal e pimenta do reino a gosto

Como preparar
Prepare inicialmente a quinua, colocando-a em uma panela com água fervente(aprox. 1 xícara de água), até que a água evapore. Reserve.

Cozinhe o inhame, a batata e o grão de bico também em água fervente por aproximadamente 45 minutos. Junte os três e bata em um liquidificador adicionando meia xícara de água para facilitar a mistura.

Em um recipiente maior, junte o conteúdo do liquidificador com todos os outros ingredientes(inclusive a quinua), misturando tudo até formar uma massa uniforme. Utilizando as mãos, forme pequenas bolas com essa massa e depois amasse suas pontas para que fique em um formato de hambúrguer. Leve ao forno(fogo baixo, pré aquecido) por aproximadamente 40 minutos, não esquecendo de virar o hambúrguer para dourar os dois lados.

4. Bon Appetit!

Depois de tudo pronto é só servir e saborear este delicioso prato vegano!

Hamburguer vegano hiperprotéico

hamburguer hiperproteico
Para muitas pessoas, uma das dificuldades para deixar de comer carne bovina é abrir mão daqueles deliciosos hambúrgueres de lanchonete, com muito catchup e maionese… Por isso colocaremos aqui uma deliciosa receita de hamburguer feito de soja, grão de bico e quinua, alimentos ricos em proteína.

A quinua atua na prevenção de doenças como câncer de mama, turbeculose, anemia e outras. Além disso, reforça o sistema imunológico e auxilia no desenvolvimento de funções ligadas à inteligência e aos reflexos.

O grão-de-bico é um alimento que reduz o colesterol e possui uma substância que auxilia na recaptação da serotonina, responsável pela sensação de bem estar e saciedade. É uma importante fonte de fibras, ferro e magnésio, também ajudando a prevenir uma série de doenças.

A soja possui muitos elementos anticancerígenos, além de auxiliar na digestão e ajudar na redução do nível de glicose, importante no controle da diabetes. Para as mulheres na menopausa, é um alimento importante na redução dos sintomas decorrentes da falta de hormônios, característica deste período.

Ingredientes: 400g de grão-de-bico cozido e amassado como purê; uma xícara de soja em grãos pequenos hidratada; uma xícara de quinua cozida; uma xícara de farinha de trigo integral; uma colher de chá de páprica doce e outra de cúrcuma; 1/2 colher de chá de pimenta do reino em pó; uma colher de sopa de molho de gergelim; duas colheres de sopa de molho inglês; quatro dentes de alho ralado; 100 ml de azeite e 10g de cebolinha francesa picada. Sal a gosto. Farinha de rosca para polvilhar.

Modo de preparo: Misture o grão-de-bico, a soja e a quinua em uma panela, mexendo em fogo baixo. Após obter uma massa uniforme, acrescente os outros ingredientes e desligue o fogo, continuando a mexer. Deixe esfriar. Para adquirir a forma de hambúrguer, faça “almôndegas” com a massa e depois amasse. Polvilhe os hambúrgueres com farinha de rosca.

Os hambúrgueres podem ser fritos, mas a opção mais saudável é levar ao forno ou grelhar.

Hoje fizemos os hambúrgueres grelhados e gostamos bastante. Eu enchi o meu lanche de catchup (Heinz), maionese (Casino) e molho barbecue (Casino também)… (isso não é saudável, mas ficou bom!!!). Também achei que o grão de bico deu um sabor especial ao hambúrguer e prefiro este tipo ao hambúrguer somente de soja.

Mr. Sauce achou que a consistência do hambúrguer grelhado não ficou tão firme quanto à do frito. Uma sugestão de preparo é levar ao forno durante alguns minutos e, após, fritar em óleo bem quente, para uma consistência mais firme.

Como esta receita não leva ovos nem leite, os hambúrgueres podem ser mantidos no congelador por até dois meses.

Depois dessa, não dá nem para sentir saudades daqueles hambúrgueres gordurosos da lanchonete da esquina…