Os 10 benefícios da meditação

Prática antiga, de origem oriental e muito praticada por religiões como por exemplo o budismo(é uma das bases da religião budista), a meditação parece que chegou com tudo na sociedade ocidental, que começa agora a ver na prática diversos benefícios que os orientais já conhecem há milhares de anos.

Vamos listar aqui os 10 benefícios da meditação, todos eles já comprovados de alguma forma por pesquisadores que utilizam modernas técnicas e exames, como exames de ressonância magnética, por exemplo.

1/10: Redução do Stress

Pesquisas revelaram que pessoas que meditam regularmente têm uma diminuição das atividades da amígdala direita, região responsável pela resposta do cérebro às emoções que somos expostos diariamente. Essa diminuição representa uma resposta emocional mais controlada e consequentemente com menor stress. Mais estudos revelaram que a meditação também pode realizar alterações na massa cinzenta do cérebro, também em regiões que registram estados emocionais e perspectivas sobre eventos do cotidiano e da vida. Resultado: menos stress e ansiedade.

2/10: Boas noites de sono

Para aqueles que lutam contra a insônia, a meditação pode ser fundamental para acalmar os pensamentos descontrolados de nosso cérebro e assim proporcionar uma boa e tranquila noite de sono. Com a meditação você aprenderá a ter mais controle de sua mente e desta forma permitindo que você lide de uma forma melhor com aqueles pensamentos que te preocupam.

3/10: Melhoria da concentração

Ao contrário do que somos levados a acreditar, nosso cérebro não é multitarefas e precisa de foco para todas as atividades diárias. Diversos estudos vem demonstrando que a meditação pode nos ajudar a melhorar a concentração e a desenvolver esse foco, evitando distrações. Como prática disciplinadora, a meditação fortalece partes de seu cérebro que ajudam a manter seu foco naquilo que realmente importa.

4/10: Dores crônicas reduzidas

A meditação pode alterar os níveis de atividade em 4 áreas do cérebro relacionadas à dor. Ela afeta a atividade no córtex somatossensorial primário, onde a dor é percebida. Além disso, ela também atua nas regiões da ínsula anterior, córtex singulado e pré-frontal, envolvidos na avaliação da dor e como respondemos a ela. Desta forma, meditando regularmente você pode levar a uma melhor regulação da dor, ensinando seu cérebro a controlar a dor de dentro para fora.

5/10: Aliviando a depressão e a ansiedade

A meditação pode aliviar os sintomas da ansiedade e também da depressão. Estudos recentes mostraram que os benefícios da meditação tem efeitos semelhante a alguns tipos de medicação para ansiedade e depressão. Meditando, ajudamos o cérebro a regular as emoções e alterar nossa auto-percepção. Aumentando nossa auto-consciência, é possível desenvolver uma capacidade de identificação da nossa capacidade de responder emocionalmente para o mundo de uma maneira mais positiva, evitando que as emoções negativas nos dominem.

6/10: Redução da pressão sanguínea

Para aqueles que se tratam para pressão alta, a meditação é uma excelente forma de complementar esse tratamento. A American Heart Association concluiu que a meditação transcendental ajuda a baixar a pressão arterial, pois reduz os níveis de stress e acalma a mente, fatores que influenciam no aumento da pressão sanguínea.

7/10: Melhora do auto-controle

A meditação influencia o seu nível de auto-controle. Quando você medita, você está praticando habilidades de auto-controle, controle de impulsos e auto-consciência, que ativa as regiões do córtex pré-frontal, responsável por regular os nossos pensamentos e comportamentos.

meditacao
8/10: Aumento da compaixão

Um estudo demonstrou que apenas 8 semanas de meditação foram suficientes para aumentar comportamentos compassivos entre os participantes. Além de melhorar a si mesmo, nossa conexão com outras pessoas também fica evidente com a meditação, melhorando tanto seu bem-estar como também os dos seus próximos.

9/10: Sistema imunológico mais forte

Diversos estudos demonstraram que os benefícios da meditação também se estendem à atividade do sistema imunológico do corpo, melhorando esta de diversas formas, pois altera níveis de determinados componentes químicos do sangue e os sinais do sistema imunológico. Outros estudos também têm demonstrado que a meditação pode melhorar a forma como as pessoas respondem às vacinas.

10/10: Equilíbrio emocional

A meditação nos livra de diversos comportamentos/distúrbios psicológicos resultantes de uma mente emocionalmente desequilibrada. Trabalhando em níveis de consciência mais profundos, somos capazes de perceber problemas que nos afetam mas que conscientemente não percebemos com clareza, possibilitando um entendimento destes e com isso uma resolução que pode ser alcançada com tempo e (muita)prática.

E você, quando vai colocar em prática e obter os benefícios da meditação?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo