Da raíz ao tronco, conheça a filosofia do Tiny Leaf’s

Da raíz ao tronco é a versão vegetariana da filosofia “do nariz à cauda”(onde os restaurantes aproveitam todas as partes de um animal), só que, neste caso, os restaurantes aproveitam todas as partes da planta para produzir seus pratos.

Adotando a ideia do desperdício zero, restaurantes vegetarianos como o londrino “Tine Leaf’s”, aproveitam e elaboram sofisticados pratos com partes de frutas e vegetais que geralmente são descartadas, como talos, cascas, raízes e tudo mais.

De acordo com Justin Horne, cozinheiro e um dos fundadores do restaurante, são incluídos nos pratos as cascas, as partes superiores de alimentos, como por exemplo a beterraba, além de outras partes externas como os talos e as raízes. Os pratos também são feitos somente com frutas e vegetais orgânicos.

“Nós só usamos frutas e vegetais orgânicos, o que é melhor para a nossa saúde, devido ao não uso de pesticidas, além de ter os benefícios de se degustar melhor os alimentos.” disse Justin Horne, cozinheiro e um dos fundadores do Tiny Leaf’s ao wallpaper.com.

Para quem tiver a oportunidade de visitar o restaurante, o Tiny Leaf’s fica no endereço:
Mercato Metropolitano, 42 Newington Causeway, SE1 6DR
Mais informações e cardápio, visite o site em: tinyleaflondon.com

Imagens e referências: wallpaper.com

Conheça o 1º açougue vegano de São Paulo

Apesar do termo açougue causar uma má impressão em quem não come carne, a ideia e principalmente os produtos que fazem parte do “1º açougue vegano e vegetariano de São Paulo”, o No Bones, que será inaugurado neste sábado, dia 10 de dezembro, parecem valer a pena.

Criado pela chef Marcella Izzo, o local se inspira nos açougues americanos e traz em seu cardápio dezenas de opções interessantes. O No Bones conta com diversos tipos de hambúrgueres premium, salsichas, linguiças, nuggets, cortes especiais, além de espetinhos e produtos para churrasco.

De acordo com a chef, no açougue vegano nenhum dos produtos levam conservantes ou qualquer tipo de ingrediente de origem animal. Para quem preferir, o local também oferece café, salgados e cervejas artesanais.

No cardápio, atenção aos diversos tipos de hambúrgueres.

Tem o hambúrguer de Grão-de-Bico com Especiarias, Hambúrguer de Feijão Preto com Azeitonas, Hambúrguer de Quinoa com Ervas Finas, Hambúrguer de Ervilha com Cenoura e Hambúrguer de Lentilha com Gengibre.

• O açougue vegano “No Bones” fica no endereço Rua Caraibas, 1243 • Perdizes – São Paulo – SP.
• O telefone é o (11) 3862.9576.

Após a inauguração, ficará aberto de de terça a sexta, das 9h às 18h e aos sábados das 10h às 14h.

Saiba mais no site: http://www.nobones.life/

3 melhores hambúrgueres vegetarianos de São Paulo

Com certeza qualquer vegetariano, vegano ou simpatizante tem de vez em quando aquela vontade de comer um belo de um hambúrguer, o que antigamente limitava(e muito) suas opções.

Porém, hoje em dia praticamente todas as lanchonetes com alguma qualidade tem alguma opção sem carne no cardápio, já que o número de vegetarianos e veganos no mundo é cada vez maior e elas, claro, não querem perder parte de seu público.
Selecionamos três opções de lanchonetes em São Paulo(onde vivemos) onde achamos que tem os melhores hambúrgueres vegetarianos da cidade para quem não come carne. A dúvida maior ficou para a seleção do primeiro lugar, mas, pela variedade de opções, acabou ficando com o hambúrguer do América.

Os 3 melhores hambúrgueres vegetarianos

1. América

Apesar de ter mudado o seu tradicional e ótimo hambúrguer vegetariano de quinua por um agora bom hambúrguer vegano, o América consegue ter ainda um dos melhores hambúrgueres da cidade, principalmente pelo fato de você poder trocar o hambúrguer de carne de qualquer lanche pela versão vegetariana.

Mas, caso queira experimentar o lanche vegano, ele é montado com hamburger quinua, abobrinha e cenoura (empanado sem ovo), acompanhado de rúcula, tomate, abobrinha grelhada, molho de romã e maionese vegana de hommus, no pão integral com gergelim.

Uma dica: experimente pedir o Pub’s Burger da casa com hambúrguer vegetariano. Apesar de pouco saudável, acho que tudo bem comer algo assim de vez em quando, certo?

» Endereços e mais informações: restauranteamerica.com.br

2. Lanchonete da Cidade

Quitandinha. Esse é o lanche vegetariano da “lanchonete da Cidade”, montado com burger veggie de cogumelos, muçarela de búfala, tomate, rúcula e pesto de manjericão, tudo no pão preto. O lanche é ótimo e está com certeza entre os melhores(o melhor?) da cidade.

Para variar, tem também o prensado vegetariano, feito com pão, abobrinha, berinjela, tomate grelhado e queijo meia cura.

» Endereços e mais informações: lanchonetedacidade.com.br

3. St. Louis Burguer

Tem um hambúrguer preparado artesanalmente à base de cogumelos, arroz integral, proteína de soja, mussarela, aveia e temperos e pode também, assim como no restaurante América, ser substituído em qualquer lanche da casa. O ambiente, apesar de pequeno, é bacana e traz diversas outras opções de lanches e sobremesas.

» Endereços e mais informações: stlouisburger.com.br

Tem alguma ótima dica de hambúrguer vegetariano em sua cidade? Quais os melhores hambúrgueres vegetarianos na sua opinião? Deixe abaixo sugestão nos comentários!

Gastronomia em Buenos Aires, parte 2

Esta é a segunda parte da matéria sobre restaurantes e cafés que indicamos para aqueles que querem comer bem em Buenos Aires. Se você perdeu a primeira, clique aqui.

Veja abaixo mais três indicações:

3. Malvón Confitería

malvon confiteria
Em uma rua tranquila, bem próxima ao zoológico de Buenos Aires, a confitería Malvón(Lafinur 3275) tem um ambiente agradável, bem cuidado, um bom atendimento e, além de pães, doces e brunch, tem também opções diárias de ótimos pratos e lanches.

malvon bsas

Pedimos um guacamole, servido em um delicioso pão feito lá mesmo, um lanche vegetariano e uma salada com arroz cateto, berinjelas e folhas verdes. Para finalizar, um espresso. Resumindo, tudo ótimo.

malvon

Tente ir durante a semana, onde o movimento é mais tranquilo. Aos finais de semana é quase impossível conseguir uma mesa sem ter que esperar bastante.

Onde fica: Lafinur 3275 / Serrano 789

Website: http://www.malvonba.com.ar

4. Nucha

nucha Buenos Aires
Tomamos um delicioso brunch no Nucha de Palermo(tem mais 10 unidades espalhadas por Buenos Aires), que fica na calle Nicaragua 6055.

nucha BsAs

O ambiente é bem bonito, decoração moderna e minimalista, o atendimento foi bom e a comida excepcional. De entrada, medialunas com café com leite. Depois, pedimos dois quiches(tartas) vegetarianos, um de espinafre com queijo parmesão e queijo de cabra, e outro de tomate seco, que vieram acompanhados de uma pequana salada. Uma delícia.

Onde fica: Nicaragua 6055 / Salguero 2587 / Cerviño 4417 / Sucre 664 / Armenia 1540 / Paraná 1243 / Patio Bullrich / Pacheco de Melo 1865 / Sucre 2127

Website: http://nucha.com.ar

5. Cocu

Cocu Buenos Aires
Se você gosta de café espresso mais intenso, com certeza terá uma certa dificuldade em encontrar um assim em Buenos Aires. Um lugar onde você poderá encontrar um café quase assim, é o Cocu, um lindo café que fica na esquina da rua Malabia, no número 1510.

cocu buenos aires

Os pedidos são feitos diretamente no caixa, e além do já falado espresso, o Cocu vende pães artesanais, croissant, brioches, lanches, quiches, sopas, além de outras deliciosas sobremesas.

cocu

Onde fica: Malabia 1510(esquina com Gorriti, 1414)

Website: http://www.boulangeriecocu.com/

» Veja também: Gastronomia em Buenos Aires, parte 1

Gastronomia em Buenos Aires, parte 1

Veja algumas dicas de restaurantes e cafés com deliciosas comidas saudáveis em Buenos Aires, para ajudar aqueles que vão até a cidade em busca de novos sabores e experiências gastronômicas, e também para que fique bem claro que a capital Argentina não é a capital da carne ou do churrasco, como muitos gostam de dizer.

A diversidade de restaurantes, cafés e lanchonetes de alta qualidade em Buenos Aires é incrível, e quase que em qualquer esquina é possível encontrar um deles. O atendimento também costuma ser muito bom, e opções vegetarianas e veganas também não são difíceis de encontrar.

Além dessas dicas que vamos dar, sugerimos também aos viajantes que explorem aplicativos para celulares, como por exemplo o Tripadvisor, que possui ótimos filtros de pesquisa(local, tipo de comida, preço, etc.), além é claro, de verificar as avaliações dos usuários. O blog Buenos Aires para Chicas também tem um conteúdo bem rico.

São cinco restaurantes/cafés indicados, veja abaixo os dois primeiros:

1. Green Eat

Descoberto ao acaso, enquanto caminhávamos pela enorme Avenida Santa Fé, o Green Eat(Av. Santa Fe 1661) foi nossa maior surpresa gastronômica em Buenos Aires.

greeneat bsas

Trata-se de um minimercado, café e restaurante(fast food natural, com opções de lanches e saladas), que traz como conceito a utilização de alimentos orgânicos, frescos, que são preparados e repostos durante todo o dia. O mais interessante é que os alimentos que não são vendidos no dia, são doados.

greeneat

Além disso, o ambiente interno é muito bem produzido e muito bonito, mesclando as áreas do minimercado com a do restaurante e a identidade visual é perfeita.

Mas o principal, claro, é a comida, e aí está o ponto forte do lugar. O Green Eat não é vegano nem vegetariano, porém possui ambas as opções em seu cardápio.

greeneat

Na primeira visita experimentamos um delicioso lanche vegano, que custou por volta de 50 pesos(algo em torno de 15 a 20 reais) feito com pão integral, cogumelos, abacate, rúcula, entre outras especiarias, além de um suco de blueberry, que custou uns 20 pesos, e que estava ótimo também, apesar de um pouco doce demais.

Na segunda visita, pegamos uma salada de quinua(vegana) e outra de berinjela(vegetariana), ambas deliciosas, ao custo também de 50 pesos cada uma. As saladas são muito bem servidas, frescas e bem temperadas. O Green Eat é um restaurante que dá vontade de comer todos os dias.

greeneat buenosaires

Do minimercado compramos e experimentamos duas mostardas, uma com mel e outra sem, além de uma pasta de curry, todos deliciosos!

Onde fica: Av. Santa Fe 1661 / Reconquista 690 / Uruguay 703 / Galerias Pacífico / DOT Baires Shopping

Website: http://greeneat.com.ar

2. La Pharmacie

la pharmacie buenos aires
Durante nossa estadia na cidade nossos cafés da manhã foram quase que todos tomados no La Pharmacie(Charcas 3494). Esta não é uma sugestão das mais saudáveis, mas é bom quebrar as regras de vez em quando, principalmente quando se trata de medialunas feitas na hora, acompanhadas de doce de leite e/ou manteiga e um café com leite.

lapharmacie bsas

O La Pharmacie é um café/restaurante bem antigo, o atendimento é excelente e vale a pena tomar seu café da manhã nas mesas que ficam nas calçadas de sua esquina, conversando, sentindo o ar fresco da cidade ou mesmo observando as pessoas em seu sia a dia, indo ao trabalho, ou passeando com seus cães.

Onde fica: Charcas 3494

» Veja também: Gastronomia em Buenos Aires, parte 2

Le Pain Quotidien

Le Pain Quotidien é uma padaria, ou melhor, uma rede de boulangeries originária da Bélgica que inaugurou sua quarta unidade no Brasil em 3 de dezembro de 2012, na cidade de Jundiaí, em São Paulo.

A rede foi criada pelo chef belga Alain Coumont e possui mais de 170 lojas em todo o mundo. Para se ter uma idéia do sucesso e da expansão da marca, só em Nova Iorque são mais de 30 padarias.

556x252xlepainquotidien_jundiai2.jpg.pagespeed.ic.M_a-HeyzBL

A história da primeira boulangerie, conta que o chef Alain Coumont estava insatisfeito com os fornecedores de pães para seu estabelecimento em Bruxelas, por isso teve a idéia de abrir sua própria padaria. Ele então fechou o restaurante que tinha e abriu em 26 de outubro de 1990 a primeira unidade da Le Pain Quotidien, usando ingredientes de qualidade superior, muitos deles orgânicos.

Sobre a unidade em Jundiaí, destacam-se o ótimo espaço interno, a decoração e claro, os pratos salgados e as sobremesas. No cardápio é possível verificar também quais pratos são vegetarianos, ou veganos. Mais um ponto positivo para a boulangerie.

Experimentando

Ontem foi dia de experimentarmos o tartine de legumes grelhados(queijo de cabra, rúcula e saladinha) e também o tartine de Queijo Brie(com nozes, mel orgânico e saladinha). Como sobremesa, uma mini torta de frutas vermelhas(foto abaixo) e outra de Pistache. Claro, ambas acompanhadas de um delicioso café espresso. Nota 10 para os pratos e sobremesas.

Le Pain Quotidien Jundiaí

Além desta unidade que abriu ontem, no Jundiaí Shopping, a Le Pain Quotidien possui unidades no Shopping Cidade Jardim, outra no bairro do Itaim e mais uma na Rua Rua Wisard, na Vila Madalena.

Resumindo, visita obrigatória.
Para saber mais, acesse o site no endereço lepainquotidien.com.br.