As fotografias do monge Matthieu Ricard

O que esperar de fotos tiradas por um monge budista?
E se esse monge for também um ex-geneticista molecular do Instituto Pasteur, na França e ainda por cima considerado pela ciência como “o homem mais feliz do mundo”?

Essas são as fotografias do monge budista Matthieu Ricard, que em 2012 foi declarado por pesquisadores da Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos, simplesmente como o “homem mais feliz do mundo”. Esses pesquisadores constataram que o cérebro de Ricard produzia um nível de ondas gama nunca antes relatada na neurociência.

O estudo revelou que, graças à meditação, ele tem uma capacidade incrivelmente anormal de sentir felicidade e uma propensão reduzida para a negatividade.

Um pouco sobre Matthieu Ricard

Nascido em 1946, Matthieu Ricard formou-se Ph.D. em genética molecular no Instituto Pasteur, em 1972, área que abandonou após completar sua tese de doutorado, para se dedicar ao budismo tibetano.

De lá para cá, são mais de 40 anos dedicados à prática do budismo e da meditação.

fotografias do monge budista Matthieu Ricard
Fotografia tirada pelo monge budista Matthieu Ricard.

As fotografias do monge

“A vida espiritual de Matthieu e sua câmera são uma coisa só, da qual jorra essas imagens, efêmeras e eternas” – Henri Cartier Bresson, sonbre o trabalho fotográfico de Matthieu Ricard.

Matthieu consegue capturar de uma forma única a felicidade nas suas fotografias, seja dos mestres espirituais ou mesmo das pessoas “comuns” que fotografa no Nepal, país onde reside, no monastério de Shechen Tennyi Dargyeling. Além de pessoas, Matthieu Ricard também fotografa diversas paisagens naturais da região do Himalaia.

Publicou os livros de fotografia “Tibet, An Inner Journey” e “Monk Dancers of Tibet”, além de participar de outros projetos como os também livros fotográficos “Buddhist Himalayas”, “Journey to Enlightenment” e “Motionless Journey: From a Hermitage in the Himalayas”.

Os livros do monge

Além da fotografia, Matthieu Ricard também se dedica a espalhar os conceitos de felicidade, meditação e do budismo em todo o ocidente. Tem dois livros lançados em português, “Felicidade. A Prática do Bem-Estar” e “A Revolução do Altruísmo”.

Para saber mais

Suas fotografias, além de outras informações sobre projetos pessoais podem ser acompanhados em seu site pessoal: matthieuricard.org. Visite e conheça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo